Fisioterapia, Sexualidade, Urologia
Urologia, Fisioterapia, Sexualidade
Sexualidade, Urologia, Fisioterapia

A FISIOTERAPIA PÉLVICA NO PRÉ E PÓS-PARTO

 

A gestação é um período mágico onde a mulher experimenta a plenitude feminina e passa por grandes transformações e modificações fisiológicas. E para que esta fase traga o máximo de prazer, com saúde e bem estar a gestante precisa estar em dia com seu pré-natal junto a seu obstetra e deveria também realizar a fisioterapia pélvica.

 

Pode até parecer uma novidade, mas este tipo de fisioterapia já é utilizada em diversos aspectos e tem um papel fundamental na preparação para o parto natural e também no alívio de diferentes sintomas durante a gravidez, como a incontinência urinária. Cerca de 40% das gestantes apresentam um ou mais episódios de incontinência durante a gestação ou logo após o parto. Com a fisioterapia, que reforça os músculos perineais, ocorre uma diminuição da perda de urina.

 

Além disso, a fisioterapia pélvica se torna uma grande aliada contra um dos maiores temores da gestante durante o parto natural, a episiotomia (corte na região do períneo). O tratamento evita essa prática e deixa região pélvica mais preparada para a saída do bebê.

 

Os exercícios realizados pela fisioterapia pélvica não se limitam apenas aos músculos do assoalho pélvico (músculos perineais). Além disso, eles são adaptados para a gestante e respeitam a sua idade gestacional. Portanto são realizados exercícios que incrementam o metabolismo e a respiração, fortalecem músculos e articulações, diminuem o inchaço das pernas e proporcionam bem estar. E se a mãe se sente bem, isso é transmitido ao bebê, sendo bom e saudável para ambos.

 

Já para o períneo, o tratamento é indolor e feito diretamente sobre os músculos perineais. O períneo é aquele conjunto de músculos que se estende na mulher do clitóris até o ânus e que possuem as funções de sustentação das vísceras, de controle da micção e da evacuação, como falei no primeiro post. Também é uma região muito importante para uma vida sexual saudável.

 

A fisioterapia pélvica também auxilia no pós-parto e ajuda na recuperação da mamãe. Além de prevenir ou tratar possíveis sequelas do parto como a formação de aderências cicatriciais, diástase (separação) dos músculos retos abdominais e também prepara a musculatura perineal para o retorno da função sexual sem dor.

 

Confira aqui os principais benefícios da fisioterapia pélvica para gestantes:

 

No pré-parto:

» Diminuição dos desconfortos lombares
» Diminuição dos inchaços
» Melhora da capacidade respiratória
» Relaxamento muscular
» Prevenção das incontinências urinária e fecal

 

No parto:

» Evita episiotomia (corte na região do períneo).
» Diminui o tempo de expulsão do bebê
» Auxilia a respiração
» Evita danos ao períneo

 

No pós-parto:

» Melhora a flacidez do períneo
» Fortalecimento da musculatura abdominal
» Evita dor durante a relação sexual
» Prevenção e/ou tratamento das incontinências urinária e fecal
» Orientação sobre o retorno a prática de exercícios

 

Parabéns a todas as mamães, as futuras mamães, as mãedrastas e a todas as mulheres que desempenham esse papel tão lindo!

CONVÊNIOS:

  • amsams
  • real grandezareal grandeza
  • INTEGRAL SAUDEINTEGRAL SAUDE
  • OMINTOMINT
  • MARITIMAMARITIMA
  • ELETROSELETROS
  • BRADESCOBRADESCO
  • CABERJCABERJ
  • MediserviceMediservice
  • CamarjCamarj

CONTATOS:

 

+55 (21) 2545-7352
+55 (21) 98805-1154

c.salutaire@gmail.com